Wednesday, August 29, 2007

E a sortuda é....

Ivana disse...
Vivi amo seu blog, amei te conhecer, e vou amar ganhar esse presentinho......Beijos
10:11 AM


Parabéns!! Me manda seu endereço por e-mail?

Gentem 67 comentários!! Uau!! AMEI!!! brigada, brigada, brigada!!
E pra quem tinha vergonha de comentar, tratem de deixá-la de lado daqui pra frente, hein??

Bom, como vcs sabem amanhã estou indo para o Rio, tenho um curso lá na sexta, e como tinha bastante gente abrimos uma turma menor, com menos projetos pra amanhã, então vou bem cedinho. MAS...os planos por aqui não mudam, foram só "levemente" alterados...hahahaha!!

O Ri que vai tomar conta do próximo prêmio pra mim. Vcs tem que deixar aqui nesse post uma história bem, bem, bem engraçada, pode ser um mico, uma tirada de criança ou quem sabe até uma piada. A que fizer com que ele ria mais é a vencedora, tá?

O resultado sai na sexta (quando vem outro prêmio...obaaaaa!!!) e o kit que está valendo dessa vez é o dessa foto.

28 comments:

Ana Paula, MG, Brasil said...

Parabens pra Ivana! Afe, vamos ver o que tenho pra contar, rs....já vou pensar, quero esse prêmio lindoooooooo
Bjs amiga!

Bete said...

Aff......vou contar....ele nem me conhece.....nem vai saber quem sou.......
História engraçada?
Não tenho muitas...vou contar a última do Gabriel, meu afilhado.
Gabriel (no auge de seus quase 3 anos), Mamãe dele e um gato de Feltro (feito pela Angela Torres), todos na cama assistindo TV.
De repente a mãe escuta um pum sonoro e sente o cheirinho...uhmmm:
- Nossa Gabriel, que barulho é esse?
- É pum mamãe!
- É mesmo? E quem fez isso?
- O gato. Esse gato tá tão safadinho! - com a maior cara de pau!!!!

Será que eu ganho o kit?
Bjks.
Bete

angela said...

aff, engraçada é?? tem q ser de criança né, rsrs.....no sábado estávamos indo pro crop da Dan, a Sofia, eu a Mérys e o Paulo no carro, e a Sofia: mamãe, quero fazer c....(número 2)!!!!e eu: calma, a gente já vai parar prá vc ir no banheiro, e bem nessa hora estávamos no farol vermelho...e a Sofia: mas mamãe, já estamos parados!!! afffffffff....daí qdo entramos correndo num Carrefour, corri com ela no colo pro banheiro, e ela fez só xixi, e ainda riu da minha cara....SPD hein!! bj

IVY said...

BOM LÁ VAI:MEU FILHO É ESPECIAL E VEM NUMA PERUA DA APAE.ISSO QUE VOU CONTAR ACONTECEU NA ÉPOCA DOS ATAQUES DO PCC.TRAZENDO MEU FILHO ,O PERUEIRO DE REPENTE OUVE A SIRENE DA POLÍCIA E TEVE QUE PARA ,FOI RENDIDO COM A ACUSAÇÃO DE TER JOGADO UMA BOMBA NO MEIO DA AVENIDA PELA JANELA DA PERUA.ADIVINHA!FOI MEU FILHO YAN NOS SEUS 6 ANOS DE IDADE(MINI TERRORISTA..RSS)QUE JOGOU POR BRINCADEIRA A MOCHILA.AÍ O PERUEIRO SE EXPLICOU,MOSTROU DOCUMENTOS E MEU FILHO...SÓ DAVA RISADA...NA HORA FIQUEI ASSUSTADA,MAS DEPOIS CONTANDO A TODOS ..ERA SÓ RISADA...COMO PODE NÉ!
BOM ESPERO QUE EU GANHE E NÃO SEI SE FOI MUITO ENGRAÇADA,MAS....

Raquel Daroda said...

Aiii que vergonha! Eu não tenho filhos então não vou poder passar o mico adiante...vai ser meu mesmo hihihih!! Eu moro sozinha aqui em POA, em apto...então penduro as minhas roupas no varal de chão e coloco na sacada para secar. Muito bem, faço isso sempre. Um dia desses eu estava em casa à noite, tinham 2 varais na sacada com lençóis, pijamas...afff, e tudo mais que a gente lava rsrsrs...meias, calcinhas...afff! Já era tarde, entrou um vento forte, fechou o tempo e eu escutei um barulho alto e um alarme disparou...aff, imediatamente olhei pra sacada pra ver oq estava acontecendo na rua...e quando eu olho...onde estão as minhas roupas??? Voaram!!!! Um estava pendurado na cerca elétrica do prédio (por isso o alarme que eu escutava!! Era o alarme da cerca que tinha disparado!!) e o outro estava no muro que divide o prédio com o prédio vizinho...aiiii!! Que vergonha!! Não tive coragem de descer pra buscar...o porteiro mandou pelo elevador pra mim...um deles estava todo "capenga" cheeeeio de folhinhas da árvore que tem aqui na frente do edifício...sinal que o varal passou por ela antes de chegar na cerca hahahaha!! Hoje tenho só um varal porque o outro não fechou mais depois desse passeio hihi e eu nunca mais deixo ele na sacada quando o tempo está com cara feia :) Aii Vivi, só tu mesmo pra me fazer contar isso aqui!! hihihi Beijos

Luciana Ilarri said...

Eu tenho uma historia que li no blog de um amigo meu, que é muito engraçado.Sempre que eu lembro morro de rir. Copiei de lá, mas ta valendo:

Cachorros musicais vão atacar pedestres na sua frente

Ele vinha andando ali pela Av. Atlântica, ponto comum para donos de cães levarem seus animais para passear. Não muito longe dele passava uma senhorinha com um rottweiller cujo nome era Samba (ninguém precisa apontar o quão ridículo é um cachorro desses chamado Samba. Mas pelo menos não é Pagode - insira risada de claquete aqui). É claro que se o Samba quisesse, a qualquer momento poderia soltar-se da coleira. Afinal aquela senhorinha não ia conseguir segurar nem um poodle, que dirá um roitweiller. E foi mais ou menos isso que aconteceu.

Samba, por qualquer motivo, cismou com uma transeunte inocente e soltou-se da coleira a correr atrás da moça. A dona do cão, temendo o pior, começa a gritar pra mulher não correr, e em seguida chama pelo cachorro.

-Não corre! Não corre! Samba!

A pobre moça, coitada, que vinha correndo calçadão afora com um rottweiller na cola, parou, encarnou Valéria Valenssa e... começou a sambar! É claro que isso não impediu o ataque do cão, mas gerou risadas coletivas a todos que presenciaram a cena. Inclusive no primo da minha amiga, que teve que sentar na calçada e até hoje ri só de lembrar da mulher tentando sambar enquanto o cachorro mastigava a perna dela.

LuHarada said...

Ri hj não estou podendo ficar muito aqui na net por causa da gripe.. e estou de cama... afff mas amanhã a noite se eu estiver melhor graças a Deus eu vou estar.. eu venho contar...
hum.... tipo alguma história pra vcs... tipo se quiser até com hist´roia em quadrinhos tá... com fotos de tudo.. pq eu quero esse kit... o outro eu abri mão porque já tinha mas esse aí... viu.. eu queroooooo
bjokas e boa viagem vivi o ri to com saudades
bjokassss

Larissa Popp said...

ai eu vou contar uma que minha priminha de 3 anos falou. ela é super capetinha, inferniza a vida da minha prima porque é hiperativa e super capeta! um dia, minha prima falou: Laura, você não percebeu que não dá pra fazer duas coisas ao mesmo tempo?
Aí a Laura ficou quieta, mas voltou depois de um tempo e disse: Mamãe, é claro que dá pra fazer duas coisas ao mesmo tempo: Xixi e c---! Depois dessa, nem dava pra falar mais nada né? sem contar que quando a minha prima sai de casa, ela fala pra minha tia: Agora quem manda aqui sou eu, você tem que me "bedecer"!
Bjo!

said...

Nesse eu participo.
O meu esposo já morava nos States e eramos noivos, então arrumei as malas e vir passar um tempo com ele. Trouxe meio mundo de coisas nas malas e já estava no limite de peso para voo enternacional. Assustei o moço que deve ter pensando "é doida". Mesmo sabendo que eu ia voltar logo pra casa, fui comprando e comprando coisas por aqui e na volta, lá dentro do aeroporto de Chicago eu tive que abrir as duas malas e "deixar algumas coisas pra trás", ele que já sabia que isso ia acontecer foi com uma mochila e uma bolsa grande de viagem. Ali no meio do aeroporto e duas malas grandes abertas fomos tirando coisas e pra tudo eu dizia "isso não, isso tem que ir" Imagine escolher tantos kgs de bagagem no meio de um corredor super movimentado. Ele voltou pra casa com uma bolsa e uma mochila com tudo o que realmente eu tinha que deixar.
E eu viajei arrasada.

said...

Tem outra, mais essa é miudinha. Logo que conheci meu esposo e ele foi encontrar com minha família, eu ensaei com todos meu sobrinhos assim "oh, o namorado de tia Jeane vai chegar e vocês tem que chama-lo de Tio Sérgio" Tudo para impressionar o bom moço. Logo que sentou e veio um de meu sobrinhos que devia ter uns 5 anos eu falei "olha, esse é o Tio Sérgio"
meu sobrinho olhou e falou "e Tio Marcos, não bvem mais"
Poxa, o o maridex caiu na risada na minha frente, já que eu tinha falado que ele era o primeiro namorado que meus sobrinhos chamar de tio ...
cadê o buraco para me esconder ??

kaká said...

Como assim????Vou perder o sono tentando lembrar alguma, justo hoje que eu podia tomar um remedinho pra dormir, isso não se faz!!!!!!!!!!!!

Ivana said...

Iuuuuuuuuuuuuuupi, nem acredito que ganhei, nunca ganhei nada de nada, e agora ganhei esse super kit maravilhoso da super Vivi!!!!!
AFFFF, ganhei o dia !!!!!
Beijos Vivi e boa viagem.....

Ahhh...Vou pensar se tenho alguma historia legal....

Adriana Marques said...

Aff, mico eu não conto, não, mas história de criança é fácil pra mim...hehehe

Minha filha Clara outro dia chegou em casa chateada, pois a professora dela havia perdido o bebê.Então eu disse:

-Nossa, filha.Que chato!Então ela nem foi à escola hoje?
E minha outra filha, que tem 4 anos,logo respondeu:

-Claro que não, né mãe.Ela foi procurar o bebê!!!

Silvinha said...

Vou postar uma piada : Mineiro em degustação de vinho!!!

Hummm...
- Hummm...
- Eca!!!
- Eca???? Quem falou Eca?
- Fui eu, sô! O senhor num acha que esse vinho tá com um gostim estranho?
- Que é isso?! Ele lembra frutas secas adamascadas, com leve toque de trufas brancas, revelando um retrogosto persistente, mas sutil, que enevoa as papilas de lembranças tropicais atávicas...
- Putaquepariu sô! E o senhor cheirou isso tudo aí no copo?!
- Claro! Sou um enólogo laureado. E o senhor?
- Cebesta, eu não! Sou isso não senhor!! Mas que isso aqui tá me cheirando iguarzinho à minha egüinha Gertrudes depois da chuva, lá isso tá!
- Ai, que heresia! Valei-me São Mouton Rothschild!
- O senhor me desculpe, mas eu vi o senhor sacudindo o copo e enfiando o narigão lá dentro. O senhor tá gripado, é?
- Não, meu amigo, são técnicas internacionais de degustação entende? Caso queira, posso ser seu mestre na arte enológica. O senhor aprenderá como segurar a garrafa, sacar a rolha, escolher a taça, deitar o vinho e, então..
- E intão moiá o biscoito, né? Tô fora, seu frutinha adamascada!!!
- O querido não entendeu. O que eu quero é introduzí-lo no...
- Mais num vai introduzí mais é nunca! Desafasta, coisa ruim!
- Calma! O senhor precisa conhecer nosso grupo de degustação. Hoje, por exemplo, vamos apreciar uns franceses jovens...
- Hã-hã... eu sabia que tinha francês nessa história lazarenta...
- O senhor poderia começar com um Beaujolais!
-Num beijo lê, nem beijo lá! Eu sô é home, safardana!
- Então, que tal um mais encorpado?
- Óia lá, ocê tá brincano com fogo...
- Ou, então, um suave fresco!
- Seu moço, tome tento, que a minha mão já tá coçando de vontade de meter um tapa na sua cara desavergonhada!!!
- Já sei: iniciemos com um brut, curto e duro. O senhor vai gostar!
- Num vô não, fio de um cão! Mas num vô, memo!!! Num é questão de tamanho e firmeza, não, seu fióte de brabuleta. Meu negócio é outro, qui inté rima com brabuleta...
- Então, vejamos, que tal um aveludado e escorregadio?
- E que tal a mão no pédovido, hein, seu fióte de Belzebu?
- Pra que esse nervosismo todo? Já sei, o senhor prefere um duro e macio, acertei?
- Eu é qui vô acertá um tapão nas suas venta, cão sarnento!!! Engulidô de rôia!!!
- Mole e redondo, com bouquet forte?
- Agora, ocê pulô o corguim!!! E é um... e é dois... e é treis!!! Num corre, não, fiodaputa! Vorta aqui que eu te arrebento, sua bicha fedorenta!!!...
(Autor desconhecido)

Anonymous said...

Bom a minha filha Maria Júlia solta várias "pérolas"!! Ela sempre leva tudo ao pé da letra, tipo: "Quem" é o criado mudo?? "Fulano caiu do céu" - Cadê??E fica olhando para o céu!
Mas a última dela foi:
- eu gosto do meu pai pq ele tem pêlo no "subaco"!!!!!
UÉ!! O QUE TEM A VER??RRRRRR

bjs, Fabiana Karam

Mari Monteiro said...

Ai meu Deus, não posso perder essa chance por nada...
Bom tenho um filho de 5 anos, que vive soltando as pérolas dele, mas vou contar uma de quando estava grávida.

Bom, minha médica sempre me dizia que grávidas ficam meio "atrapalhadas" em seu estado de graça, mas eu, olha ... meu marido ficava pra morrer.
Certo dia estávamos em Blumenau passeando e eu entrei em uma loja de cristais pq queria comprar uns copos pra cerveja. O vendedor todo atencioso, me levou até os modelos e começou a pergunta:
- A senhora quer com ou sem d...
Eu na minha afobação de sempre, não deixei o cara terminar e disse logo:
- não, não eu quero sem "depilação".... sabe qdo vc percebe que acabou de dizer alguma asneira mas não dá mais tempo pra consertar??? Era pra falar sem "lapidação"" kkk. Ai socorro eu queria sumir e o vendedor ali na minha frente. Mas até que ele disfarçou bem.
Depois que agradeci e estava tentando sair, chega meu marido, e eu ficava fazendo uns sinais pra ele nem entrar na loja pq eu já estava morrendo de vergonha.
Depois contei pra ele e rolamos de dar risada...

Bjs Vivi.Adoro vc e seus trabalhos Lindooos

Dani said...

Uma história engraçada... e de amor! Aconteceu dia desses, na 1ª aula q fui fazer no ateliê da Thama. O namorado perguntou se demorava, eu disse q ia até 1 hora, ou seja, para bom entendedor, até as 13h. Ele ficou de me buscar, então como começou as 10h, o querido contou uma hora mais um atrasinho e foi me pegar. Coitado, esperou das 11h30 às 13h45 na porta do ateliê, no maior solzão. Eu, inocente, perguntei: Pq num me ligou qdo viu q tava demorando demais??? Ele: "deus me livre de te atrapalhar qdo tá mexendo com essas coisas (leia-se scrap)! De ouro esse menino né não? Ri muuuuito.

Vivien said...

Bom, nem 1 ano de namoro e, pela primeira vez, eu ía tomar banho na casa do meu namorado (hoje meu marido). Tudo certinho, na hora de abrir a porta do box (de correr) e sair do banho... ...CRASH!!!! A porta se despedaçou todinha, do nada, e eu fiquei com cara de idiota com o puxador da porta em uma das mãos... E agora?! Detalhe: TODA a família dele estava em casa e TODOS correram para a porta do banheiro para saber o que tinha acontecido, se eu estava bem etc. Não me cortei mas tive que pular o "mar de vidro", me vestir, sair do banheiro roxa de vergonha, pedir desculpas e ainda ouvir do meu namorado: "ainda bem que não fui eu nem meu irmão senão iríamos levar uma brinca daquelas." É mole?!
Adorei participar e espero levar o prêmio!
xêro p ti!

Si Alem said...

Vivi vc não pára menina!! Tô com saudade! Agora tenho que pegar a Giu, mas eu volto com uma história pois quero ganhar o kit!
Bjs

Jê said...

Tem outra :
Meu esposo é muito brincalhão, eu diria que até ao extremo. Então a uns 2 anos atrás fomos ao Brasil visitar a família e aqui ele encontrou uma máquina de "pum", o diferente dela é que era de controle remoto e tinha 16 "sons diferentes" e sinceramente assustadores.
Sempre nossa família nos espera com festa, entao o maridex foi mais cedo no salão de festa, escolheu uma cadeira qualquer e tacou fita adesiva lá e com a máquininha, depois me avisou onde deveriamos sentar, que seria nas cadeiras da frente e ali ficamos esperando quem seria o sorteado a sentar na cadeira "premiada". Meu irmão sentou e minha cunhada ao lado, depois outro irmão e esposa e foi enchendo de gente e todo mundo conversando e rindo foi quando o maridex com o controle remotou "soltou o primeiro". Minha cunhada olhou fixo pra ele e super brava "meu Deus do céu, vai me matar de vergonha aqui vai ?" e todo mundo se perdeu na história ... uns 15 minutos, outro "som". Meu irmão olhou pra minha cunhada "meu Deus do céu, eu juro que não fiz nada" e todo mundo se perdendo na conversa. E eu ria, ria muito e dizia "ahh, relaxa gente é todo mundo de casa" ... depois do quarto "som" eu pedi ao maridex pra deixar a brincadeira pra lá, pq já estava quase rolando estresse ... mas nao contamos a ninguem, demos um jeito de pegar a cadeira premiada e leva para a outra ponta da mesa ... rsrsrs

Si Alem said...

Ué escrevi tudo e não postou? Aff

Valéria said...

Vou colocar uma piada sobre a aviação.
A TAM teve problema com o reversso, o aeroporto de congonhas com a ranhura e sabe quem pagou por todos esses erros?
O dono do puteiro.

Si Alem said...

Vou escrever de novo.
Lá vai a minha história!
Essa história aconteceu em 1990 qdo fomos morar na Itália .
Uma noite, logo no início ainda não falava italiano direito, fomos jantar com o pessoal do trabalho do Moa, o chefe dele e outros colegas, éramos numas 10 pessoas. Um jantar num restaurante um tanto formal. Em determinado momento o garçom veio à mesa tirar os pedidos da sobremesa. Na minha vez, com todos olhando, eu fui pedir profiterole (aquelas bombinhas recheadas com sorvete, a gente chama de Carolinas), porém ao invés de eu dizer profiterole, eu disse profilaci! Profilaci é camisinha . Não bastasse o mico, euainda completei o pedido falando que queria com calda de chocolate.

O garçom me olhou assustado, algumas das pessoas da mesa riram, outras olhavam sério, e eu não tinha a menor noção do que eu tinha feito, até que meu marido (que estava mais afastado de mim na mesa) veio me socorrer. No dia eu tive muita vergonha e não achei graça, hoje me divirto com essa história.

Dany Peres said...

Ah, eu tenho uma história do filho de uma amiga...
Olha o papo:
-Mamãe, o que é sexo?
E a mãe super espantada:
-Ah filho, sexo é quando o papai faz carinho na mamãe!
-Como assim, mãe?
-Assim, sexo, é quando o papai planta a sementinha na mamãe, a barriga cresce e nasce o bebê!
-Ai, mãe, não tô entendendo nada!
-O que vc não entendeu, filho?
-É que a professora deu um questionário pra gente responder e eu não sei se faço um "x" no masculino ou no feminino
rsrsrsrs
Eu me mato de rir com essa história!
Bjbjbj

Mari Monteiro said...

Ai lembrei de mais uma, pode???

É que tem um amigo nosso, o Levy, que é muito engraçado. Lembro de duas histórias que aconteceram com ele. Ah, foram no mesmo lugar (antigo Café Cancun - em Campinas).

1ª - estávamos num grupo de amigos, e o Levy chegou mais tarde e com fome. Como já tínhamos pedido algumas entradas, ele já foi se servindo. Mais tarde chegou perto de mim e contou:
- Nossa Mari, cheguei e fui logo pegando aquelas bolinhas,pensei que era queijo... só que era manteiga...daí quando vi que grudou tudo no meu dente, comecei a comer pão... inventei um método luzitano de comer pão com manteiga. Afff... FOI MUITO ENGRAÇADO.

2ª - Nessa eu não estava mas me contaram. Foi qdo ele conheceu a sua esposa Taty. Estavam os dois dançando, qdo ela pergunta a ele se a camisa que estava usando era nova. E ele:
- Não, imagina, inclusive já lavei várias vezes.
E continuaram dançando... mas ela não sossegou... e insistiu, e chegou perto dele pedindo licença... é que tem um negócio aqui no seu colarinho... gente, ela puxou aquele papel que fica por dentro da gola da camisa qdo é nova... foi um mico só. Até hj é motivo de gozação, mas foi legal, pq os dois casaram e hj tem uma filhinha linda.

Lembrei de mais uma, depois de casado:
- Saíram pra comprar um tapete pra sala, mas a Taty esqueceu de tirar as medidas. O Levy, todo atencioso queria ajudar:
- Olha, talvez eu possa ajudar, é que o tapete deve ser do tamanho do sofá, e o sofá tem o meu tamanho, pq sempre deito nele. Talvez eu possa deitar no tapete...kkkk... pra ver se tem a mesma medida. Bom, pra mim já bastava, pq olha o mico... não, mas ele deitou no tapete e pra completar o zíper dele estava aberto ahahaha . A Taty até que tentou avisar fazendo umas caretas, mas ele não entendia... e a vendedora não sabia pra onde olhar.
Enfim, acabei me passando de tanta história, mas foi bom relembrar.

Bjs

anokas said...

Aha, n podia deixar de tambem contar uma coisa que aconteceu a mim e a minha mae, cada vez k me lembro.. nem sei se hei-de rir ou chorar! lol

Bem, nós temos um stand de automoveis, e costumamos andar com uma carrinha, mas que tambem está para venda e certo dia, fechamos o stand entramos na carrinha e fomos para o hipermercado, então, as pessoas dos outros carros, fartavam-se de olhar pa nós, mas nós não entendíamos o porquê, mas enfim continuamos o nosso caminho, quando chegamos ao estacionamento, umas senhoras pararam e meteram-se a olhar, nós paramos o carro, fomos às compras, quando saímos e olhamos para o carro, e vimos uma placa a diser “DISEL, 5 LUGARES” (daquelas que os stands usam que dão imenso nas vistas!!), percebemos que nos tínhamos esquecido de tirar a placa da carrinha!!! Que vergonha, disfarçadamente chegamos ao carro, tiramos discretamente a placa.. entramos para o carro a morrer de vergonha e a rirmos imenso e fomos pa casa… Até aqui tudo bem, até teve a sua piada.. Contudo para piorar a situação, 2 dias depois a seguir, voltamos a fechar o stand, entrar na carrinha, e irmos para o hipermercado outra vez. Estacionamos, fechamos a carrinha, e fomos às compras, quando tavamos a ir para a carrinha, a minha mãe diz assim: - O teu pai secalhar ainda pensa que tamos no stand e já e tarde! E eu, sem saber bem porque respondo – Ao menos não trouxemos nenhuma placa!!, digo isto precisamente no momento em que saímos do hiper e quando olho po estacionamento e vejo uma placa em cima de 1 carro a dizer – DISEL 5 LUGARES – fiquei tipo estátua e só pensava – Oh não, outra x não!!, para piorar ainda mais, estava montes de gente no estacionamento, esperei que as pessoas não tivessem a olhar e agarrei na placa para a tirar, nesse momento, olha tudo para mim!!!!! K vergonha, a minha mãe so se ria!! Opa à 1º teve graça, à 2º foi parvoíce, à 3º n vai acontecer!! Sim porque se eu visse uma placa daquelas num carro num estacionamento ia ficar a espera pa ver quem é que tava a fazer aquela figura… mas enfim… Aconteceu a mim e a minha mãe!!!!

Bem está enorme, mas tinha de contar tudinho, espero ganhar o kit apesar de as hst que ja foram contadas estarem um máximo... hihihi. Acho que vai dar dor de barriga de tanto rir com tanta hst! lol Beijinhos..

said...

Essa história não é minha, mas li hoje em um blog que eu ADORO, o Crônicas do Iglu. Quem escreve é a Flávia, uma brasileira que mora no Canadá, e escreve de uma maneira MUITO divertida sobre as aventuras dela com o marido gringo e o filho pequeno, chamado por ela de pacotinho.

Com essa eu chorei de rir, literalmente! Principalmente porque eu tenho um pacotinho de travessuras de 1 ano e meio e uma "lady" de 9 anos, sei bem como é isso!

Marte e Vênus - Versão Baby

Numa festa de aniversário de criança, é fácil identificar as mães das meninas das mães dos meninos. As primeiras são arrumadas, penteadas, cheirosas e falam baixinho. Você só as diferencia das convidadas sem filhos porque de vez em quando aparece uma garotinha com um vestido impecável, com uma pintura de borboleta na bochecha, perguntando se pode tirar o elástico do cabelo.

Você que não tem filhos ou tem uma princesinha olha de cara feia para aquele pestinha sem pintura alguma na bochecha (e ele fica quieto para isso ?) que está puxando o cabelo das meninas arrumadinhas e pergunta-se "quem é a mãe desta peça ?" Aí aparece uma descabelada, suada, com a blusa suja de marca de sapato, alternando os gritos entre o nome do rebento mal-educado e o do marido que não tomou conta dele e você tem um dos dois pensamentos "é esta aí. Coitada !" ou "ah, logo vi. Não dá limites para a criança, bem feito para ela, que tem este monstro".

E você observa a filha da sua amiga, de 2 anos, que passa um tempão entretida retirando as pedrinhas do jardim e colocando na calçada. Aí chega um clone do Taz, da mesma idade da menina, que imediatamente começa a arremessar as pedras nas pessoas. "E cadê a mãe dele, que não vê isso ?" Invariavelmente aparece outra descabelada, cansada, esgotada para tentar evitar que o menino cause algum dano permanente num convidado.

E quando você dizia que queria congelar seu filho antes de 6 meses de idade, praticamente todas as suas amigas cujos filhos já não eram mais bebês diziam que "ter filho fica mais divertido a cada ano que passa". Ou elas tinham só meninas ou sabiam a regra do videogame (a próxima fase é sempre mais difícil) e queriam sabotar a sua felicidade, com um bebê bonzinho, que já dormia a noite toda há muito tempo. Depois que o neném começa a caminhar, acabou a diversão (e o sossego) da mãe em qualquer lugar que não seja a própria casa. Quem se diverte são outros: rindo da sua cara. Os adolescentes são piores, mas por enquanto você ainda pode rir da cara dos pais deles.

patri oliveira said...

Eu tenho infinitas histórias engraçadas para contar, mas tem que ser mico, né? Então essa se encaixa pois além de engraçad aé mico...

Eu sou super nojenta e quando estava grávida do meu filho, levava o penico da minha filha para todo o lugar, pois não conseguia levantar ela nos banheiros públicos.
Uma vez paramos num restaurante na estrada e eu pedi para meu marido ir no carro com ela e colocá-la no penico. Meu marido, para me sacanear pediu para um dos manobristas trazer o penico para o restaurante. Ele volta para a mesa e eu pergunto: Leva a Sabrina, Jr no carro logo, ela quer fazer coco!
Ai ele fala: Olha lá, o manobrista trouxe o que vc pediu. Aí, aquele restaurante lotado, sai correndo com minha filha para que eu não pagasse mais um mico de ter que ver o homem desfilando com o penico no meio do restaurante... Peguei o penico (mas já tinha visto muita gente rindo). Coloquei rapidinho minha filha no banheiro em seu penico. Ai só escutei ela fazendo xixi. Aí perguntei: E o coco, filha. Ela falou: Ai, mamãe, esse vai ficar dentro da minha bunda. Ela tinha 2 anos e meio. Depois passei mais um mico tendo que entregar o penico para o manobrista novamente... Affff